OS BASTIDORES DE UM ASSASSINATO

As vítimas, desta vez, foram três jovens, que tinham a vida toda pela frente. Dois irmãos e um amigo. Eles foram mortos a tiros sexta-feira à noite, quando conversavam em frente a uma residência na Rua Pérola, na Vila Guaíra, em Goioerê.

De acordo com as informações, dois homens, ocupando uma motocicleta Honda, chegaram atirando. Jhonatas Matos da Silva, conhecido como Dione e Wanderson dos Santos morreram na hora.

Dario Rodrigues, que nada tinha a ver com o ‘acerto de contas’ da dupla, também foi baleado e morreu quando estava recebendo atendimento médico na Santa Casa.

A chacina chocou a cidade, sobretudo, vizinhos do local, que ainda estão assustados com tamanha violência registrada em campo aberto. “Foram muitos tiros”, conta um vizinho, que não quer ser identificado.

Aos poucos Goioerê vai se tornando violenta, com a sensação de insegurança tomando conta das pessoas de bem. É triste, mas é a realidade. Estamos como que acuados. Se correr o bicho pega e se ficar o bicho come.

Agora, cabe à polícia, investigar o caso e descobrir a motivação da brutal chacina que deixou marcas profundas de dor, angustia e tristeza nestas duas famílias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.