Quarto Centenário se destaca na coleta e comercialização de resíduos reciclados

O município de Quarto Centenário vem se destacando na coleta e comercialização de materiais recicláveis. O mais novo recorde foi batido no mês de fevereiro, com a venda de 14 toneladas de resíduos, entre plásticos e papéis.

De acordo com dados da associação dos coletores, um aumento aproximado de 50%, comparando-se com os resultados de setembro de 2020, quando foram cedidos equipamentos de apoio à unidade de recebimento de recicláveis.

O secretário de Agricultura e Meio Ambiente do município, Rogério Casa Branca, destaca o apoio do prefeito Akio Abe ao projeto e a dedicação dos coletores. “Esse resultado é fruto da soma de vários fatores”, destaca o secretário, agradecendo o apoio da administração.

Segundo Rogério, contribuíram para esse resultado, a conscientização da população, que tem se despertando para importância de cuidar dos seus resíduos, bem como a dedicação dos coletores e motorista que trabalham coletando e encaminhando esses resíduos para o barracão.

“Fora isso, é preciso destacar a ação dos nossos recicladores, que se dedicaram e trabalharam muito neste mês e conseguiram bater esse recorde”, disse, citando que por último e não menos importante, vale destacar os investimentos que estão sendo realizados na coleta seletiva com total apoio do prefeito Akio Abe.

O secretário está agradecendo a todos que contribuíram para esse resultado. “E pedimos que a população continue separando os resíduos, para que esse índice aumente ainda mais”, finalizou ele.

Com a separação dessas 14 toneladas de resíduos reciclados o índice de reciclagem do município no mês de fevereiro foi de 63%, considerando que o potencial médio de geração de resíduos recicláveis é de 22 toneladas.

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 3522-2537 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!