Mesmo sem procissão, Paixão de Cristo será celebrada por católicos em Goioerê

Considerada uma das maiores celebrações da fé cristã, a Semana Santa entra no seu ápice nesta sexta-feira, dia 2 de abril. E por conta da pandemia da Covid-19, a tradicional procissão, que todos os anos invade as ruas da cidade, não será realizada. O objetivo é atender às normas sanitárias, evitando assim aglomerações de pessoas.

Mas mesmo com restrições, as igrejas católicas de Goioerê vão celebrar a Paixão de Cristo. Na Igreja Matriz, a primeira missa desta sexta-feira será celebrada às 9 horas, com a Via Sacra, que será feita dentro da própria igreja, com publico reduzido em 50%, conforme determina Decreto Municipal.

A programação segue às 15 e às 18 horas de sexta-feira,  quando haverá leitura da Paixão de Cristo. O mesmo deve ocorrer nas demais paróquias da cidade.

No sábado, a celebração será às 19:30 horas, sem a tradicional Vigília de Páscoa. Já no domingo, quando se comemora a Páscoa, haverá missa às 9 e às 10 horas. À noite, a celebração será as 19:30 horas.

SIGNIFICADO: Sexta-feira da Paixão ou Sexta-feira santa é comemorado pelos cristãos, simbolizando o dia da morte de Jesus Cristo e faz parte das festividades da Páscoa, que simboliza a ressurreição do Messias.

A sexta-feira da Paixão é considerada uma data móvel, ou seja, não possui um dia específico para ser comemorado anualmente. Por regra, deve ser celebrada na sexta-feira que precede o domingo de Páscoa.

Após a definição da data da sexta-feira santa, outras comemorações são estabelecidas, como o domingo de Páscoa, a quarta-feira de Cinzas (primeiro dia da Quaresma) e o Carnaval.

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 3522-2537 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!