Adesão à fatura digital da Copel cresceu 46% durante pandemia

Receber a conta de luz por e-mail já era uma facilidade para muitos clientes habituados à vida digital, antes da chegada do novo coronavírus. Mas a pandemia transformou hábitos, e mesmo quem antes estava acostumado a receber a fatura no papel está optando pela confiabilidade e praticidade da fatura digital. Desde março de 2020, foram mais de 400 mil pedidos para converter a entrega em papel para a forma eletrônica de envio, um aumento de 46% nos domicílios que adotam esta opção.

As adesões à fatura digital e ao débito automático em conta se transformam em doações, pela Copel, para o combate ao vírus no Paraná. Recentemente, a empresa entregou 10 respiradores de leito e 11 ventiladores de beira de leito para auxiliar pacientes de Covid-19 na rede pública de saúde, resultado parcial da campanha Fatura Solidária, que continua em vigor.

A ajuda é um reflexo da atitude de milhares de paranaenses, como a de Erico Engelmann, morador de Londrina. “Fizemos uma mudança nos pagamentos gerais, tornando tudo online. Pela praticidade mesmo, além da questão da sustentabilidade, evitar o uso de papel”, conta ele. O pedido foi feito através do site da Copel, e acabou atendendo outras necessidades que ele nem previa: “Ficou mais prático, porque posso enviar o documento quando preciso comprovar o endereço, sem a necessidade de escanear”, acrescenta.

Como ajudar

A adesão à fatura digital pode ser feita através da agência virtual, no site www.copel.com ou pelo aplicativo da Copel, disponível gratuitamente nas lojas virtuais Google Play e App Store.

O cadastro de débito automático também pode ser feito pelos canais virtuais de atendimento. No Banco do Brasil, é preciso informar o número do convênio: 13896. Além disso, é importante confirmar com o banco se a adesão foi concretizada e acompanhar os débitos mensalmente.

Leitura automática

Com o programa Rede Elétrica Inteligente, a Copel trabalha para automatizar o processo de leitura do consumo de energia, o que reduzirá as emissões de carbono e os riscos de acidente com o deslocamento dos leituristas que hoje visitam mensalmente as quase 5 milhões de unidades consumidoras da concessionária de distribuição, em todo o Estado. A implantação está planejada para acontecer ao longo dos próximos anos.

Após a experiência desenvolvida com os clientes atendidos em média e alta tensão, e a implantação bem-sucedida de um projeto piloto em todo o município de Ipiranga, na região Centro-Sul do Paraná, agora os medidores inteligentes chegam a Pato Branco, no Sudoeste, e até o final do próximo ano estarão em outras 72 cidades da região. Eles emitem as informações de consumo para uma central, o que permite também ao cliente ter um acompanhamento de seu consumo diário pelo aplicativo da Copel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!