13º salário deve injetar cerca de R$ 7 milhões no comércio

Os dados não são oficiais, mas numa comparação com anos anteriores, é possível que até o dia 31 dezembro, o comércio de Goioerê receba uma injeção de recursos da ordem de R$ 7 milhões, dinheiro que vem do pagamento do 13º salário.

De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Goioerê está fora dos cálculos oficiais do 13º salário, por não fazer parte do grupo das 40 maiores cidades do estado. Mas pelo número de empregados, servidores públicos e aposentados, pode-ser fazer uma estimativa próximo da realidade.

Em Goioerê, a maior parcela do montante a ser distribuído caberá àqueles que estão empregados no comércio e na indústria. Mas pelo menos 20% dos R$ 7 milhões pagos como 13º salário, vem através da prefeitura que depositou na conta dos servidores municipais cerca de R$ 1,2 milhão.

Nesta previsão, não foram levados em conta os autônomos, assalariados sem carteira ou trabalhadores com outras formas de inserção no mercado de trabalho que, eventualmente, recebem algum tipo de abono de fim de ano, nem os valores envolvidos nesses abonos, uma vez que esses dados são de difícil mensuração.

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 3522-2537 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.