Santa Casa elegeu nova diretoria: entidade fechou 2020 com déficit de R$ 1,2 milhão

A Santa Casa de Goioerê realizou na noite desta quinta-feira, dia 15, assembleia de prestação de contas do ano de 2020 e a eleição da nova diretoria da entidade. O advogado Ademir Antonio de Lima, atual provedor do hospital, foi reeleito para o cargo através de chapa única.
Durante sua fala, Ademir agradeceu o envolvimento dos diretores, bem como dos médicos e colaboradores do hospital e disse ter consciência da árdua missão que está assumindo. “A responsabilidade é grande, a missão não é fácil, mas com a ajuda e envolvimento de todos a gente vai chegar ao nosso objetivo, que é seguir oferecendo um atendimento de qualidade à população”, disse.

PRESTAÇÃO DE CONTAS: – Ainda durante a assembleia foi realizada a prestação de contas do exercício financeiro de 2020, com os números mostrando que apesar de haver superávit no balanço geral, a Santa Casa fechou o ano com um déficit de R$ 1.278.317,46.
De acordo com o contador Robson Luiz, que conduziu a apresentação da prestação de contas, o superávit geral é por conta de convênios para a implantação da UTI, por exemplo e também para aquisição de equipamentos hospitalares, que contam como receitas. “Apesar de contar como receita, o dinheiro entrou e já saiu, pois tinha um objeto específico”, disse.
Segundo o Provedor Ademir, desde que assumiu, no final do mês de dezembro de 2020, ele e a diretoria, com apoio de colaboradores do setor financeiro da Santa Casa, vem trabalhando para promover a redução deste déficit, que tem boa fonte na manutenção da UTI e Enfermaria Covid. “É um desafio muito grande, mas vamos trabalhar para colocar a casa em ordem”, citou.
Durante prestação de contas para profissionais da Imprensa de Goioerê, foi mostrado que os valores recebidos por pacientes na UTI e Enfermaria Covid são menores que os gastos com esses pacientes pela Santa Casa. O custo médio diário de um paciente na UTI Covid é de R4 2.382,48, mas o repasse feito à entidade é de R$ 1.600,00. Já na Enfermaria Covid o custo médio é de R$ 624,21, mas o hospital recebe apenas R$ 300,00.
Ao finalizar, o Provedor Ademir disse que a intenção da nova diretoria é realizar um trabalho para fortalecer ainda mais o hospital, atraindo novos sócios, fomentar o trabalho voluntário e fortalecer as parcerias com o setor público. “Sem dúvida teremos muito trabalho pela frente, mas com o apoio da nossa equipe de médicos e colaboradores, além dos parceiros que temos, tenho certeza que faremos uma gestão profícua”, finalizou.

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 3522-2537 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!