Medicamentos usados para sedar e entubar pacientes começam a faltar no Paraná

Medicamentos utilizados para sedar pacientes a serem entubados por conta da Covid-19, estão com estoques baixos e podem começar a faltar no Paraná nos próximos dias. O alerta foi dado no Meio Dia Paraná desta terça-feira, pelo secretário de Saúde do Estado, Beto Preto.

De acordo com ele, a demanda por esses medicamentos  tem crescido por causa do agravamento da pandemia, pois as doses são necessárias em casos graves de Covid-19, quando pacientes precisam ficar entubados.

FILA: – Hoje, de acordo com dados da Secretaria de Saúde, 1.320 pessoas estão na fila de espera por uma UTI no Paraná. São pacientes em estado grave por conta da Covid-19.

GOIOERÊ: – Na região Comcam, segundo as informações da Secretaria de Saúde, 9 pessoas aguardavam nesta segunda-feira, vagas de internação em leitos de UTI e enfermaria, sendo 5 para UTI’s e  4 enfermarias.

Em Goioerê, os 10 leitos de UTI estão ocupados e mais um foi improvisado com apoio de cooperativas que fizeram a doação de um respirador para a Santa Casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!