Jaracatiá: moradores desconfiam de promessa de regularização de terrenos

Moradores do distrito de Jaracatiá estão desconfiados de que a promessa de regularização de seus terrenos, feita pela administração municipal, pode não sair este ano. Os documentos, 238 no total, foram entregues no dia 3 de novembro no Cartório de Registro de Imóveis.

De acordo com os moradores, a desconfiança está no fato de que o processo demanda tempo e faltam apenas 40 dias para o fim do mandato atual, sendo quase impossível ao cartório emitir as matrículas e chamar os proprietários dos imóveis para fazer a documentação.

No total, segundo informações da prefeitura, mais 542 títulos deverão ser entregues no cartório. Trata-se de pedidos de regularização fundiária para proprietários de imóveis da Vila Candeias e Jardim Galileia, que poderão ter as escrituras dos terrenos. Ao todo são 780 lotes que aguardam pela regularização.

O trabalho de regularização foi iniciado pela administração do prefeito Pedro Coelho, que chegou a realizar várias reuniões com os proprietários destes terrenos, mas o processo não avançou, uma vez que o governo estadual e a empresa responsável se desentenderam, rompendo o contrato.

As primeiras reuniões organizadas pela prefeitura começaram em 2017, ainda na gestão do governador Beto Richa e desde então, é grande a expectativa dos proprietários destes terrenos.

OS TERRENOS: – Além de Jaracatiá, que conta com 238 lotes, a prefeitura confirma mais 231 terrenos localizados na Vila Candeias, além de outros 195 no Jardim Galiléia.  

A expectativa das centenas de famílias que sonham em ver regularizada as suas propriedades urbanas através desse importante programa é grande, mas a desconfiança é maior ainda.

 

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 3522-2537 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.