Copel: empresa alerta para ataques de cães a leituristas

As ocorrências envolvendo cães lideram os registros de acidentes no setor de leitura da Copel e são fator de preocupação para categorias de outras empresas, como de água e saneamento, entregas e coleta de lixo.

Em Curitiba, onde cerca de 7,5 mil acidentes por mordedura canina são registrados todos os anos, o dia 17 de agosto foi instituído por lei como uma data de atenção à prevenção deste tipo de ocorrência. 

Um levantamento revelou que o Paraná é o estado com maior concentração de cães por residências: a cada dez domicílios, seis têm cachorro.

Mas a preferência pelo melhor amigo deve vir acompanhada de alguns cuidados, como espaço e alimentação adequados, vacinação em dia e o cuidado com terceiros, seja na hora de passear ou quando há a necessidade de acesso de profissionais ao quintal da casa.

 O gerente de Segurança do Trabalho da empresa, Alessandro Maffei da Rosa, destaca que é muito importante para o leituristas da Copel que o cão esteja preso no dia da visita ao domicílio, que é informado na conta de luz.

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 3522-2537 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!