Infecções respiratórias, como gripes e resfriados aumentam no inverno

Dados da Organização Mundial de Saúde – OMS – apontam que por ano, a gripe cause comprometimento grave em 3,5 milhões de pessoas. Crianças, idosos, portadores de doença pulmonar, cardiopatas e imunocomprometidos são os mais afetados.

Os números são importantes e servem de alerta para a população, em especial durante o inverno, quando é comum o aumento de casos de problemas respiratórios.

Em Goioerê, o período de inverno sempre é marcado pelo aumento de pessoas que procuram as Unidades de Saúde com sintomas gripais ou resfriados.

Entre as dicas para se evitar essas complicações estão, lavar as mãos depois de limpar o nariz, depois de trocar fraldas ou ir ao banheiro, antes de comer e antes de preparar comida.

Os profissionais de saúde alertam que o inverno também pode contribuir com a Covid-19, que tem mais probabilidade de se propagar nesse período, uma vez que as pessoas tendem a transitar em locais fechados e com pouca ventilação.

Para evitar a transmissão da Covid-19, assim como de outras doenças respiratórias, no frio, os médicos orientam fazer o distanciamento físico e o uso de máscara, dar preferência a ambientes ventilados e realizar a lavagem das mãos sempre.

Já para as crianças, a dica repassada pelos profissionais de saúde, é que elas evitem frequentar creches e berçários muito precocemente, manter o aleitamento materno e evitar exposição ao tabaco.

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 3522-2537 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.