Câmara vota LDO que prevê receitas de R$ 89 milhões para o ano de 2021

A LDO – Lei de Diretrizes Orçamentárias – de Goioerê, valendo para o exercício financeiro de 2021, passou em primeira votação, na sessão da Câmara de Vereadores, realizada na última segunda-feira.

O projeto, que prevê receitas e também despesas do município para o ano que vem, está orçado em R$ 89 milhões e estabelece o orçamento do próximo prefeito, que toma posse no dia 1º de janeiro de 2021.

Além de estipular receitas e despesas, a LDO também tem como função, selecionar as ações que terão prioridade na execução do orçamento e visa estabelecer as diretrizes, metas e prioridades da administração, bem como orientar a elaboração da proposta orçamentária.

“Todo orçamento começa pela LDO e todos os projetos para 2021 sairão desse documento”, explica o vereador Agilson Flausino, citando que o documento é uma das ferramentas de planejamento orçamentário e busca sintonizar a Lei Orçamentária Anual – (LOA) com as diretrizes, objetivos e metas da administração pública estabelecidos no Plano Plurianual – (PPA).

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 99900-1503 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.