Empresários sugerem comércio aberto e medidas rigorosas no combate à Covid-19

Empresários de Goioerê protocolaram na manhã desta quinta-feira, na prefeitura municipal, pedido de reabertura do comércio da cidade, fechado desde o último sábado, por conta da pandemia da Covid-19.

No documento, assinado pelo presidente da ACIG, Alexandre Cândido (foto) e mais 11 empresários – diretores da entidade – além da reabertura do comércio, eles sugerem medidas mais severas para conter o avanço da Covid, em especial a chamada ‘lei seca’.

De acordo com apuração feita pela reportagem, no caso da lei seca, todos os estabelecimentos que comercializam bebidas alcoólicas ficariam proibidos de vender estes produtos em qualquer horário do dia. Também sugerem toque de recolher absoluto após às 20 horas e fiscalização rígida no que tange a fila de espera.

Conforme os empresários, a reabertura do comércio deve ser de forma responsável, com obrigação do uso de máscaras para todos os colaboradores, disposição de álcool em gel para os clientes e observação de todas as medidas e protocolos de segurança.

SITUAÇÃO COMPLICADA: A situação de pandemia obrigou a maior parte do comércio no estado a fechar as portas. A medida foi adotada no último sábado, dia 27 de fevereiro, após decreto do governo estadual.

Com o aumento dos casos, UTI’s lotadas e sem vagas nos hospitais, corre à boca pequena, que o governo deverá prorrogar a suspensão das atividades por mais uma semana a partir do próximo domingo. Mas segundo o secretpario de Saúde do Paraná, Beto Preto, não tem nada de oficial ainda.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.