Cadê as barreiras sanitárias?: população cobra ação da prefeitura

Enquanto municípios vizinhos, intensificam ações de enfrentamento ao coronavirus, em especial com a implantação de barreiras sanitárias, em Goioerê a gestão municipal ainda não se deu conta que essa ação é importante também para conter a entrada do vírus na cidade.

O anúncio das barreiras foi feito no dia 15 de abril, pelo prefeito Pedro Coelho, mas até agora nada. O assunto foi amplamente debatido na sessão da Câmara Municipal, realizada na última segunda-feira.

O vereador Patrik Pelói disse que há uma cobrança muito forte por parte da população, sobretudo das pessoas mais conscientes da atual situação. “Nós estamos vivendo dias difíceis e temos que buscar todos os meios para frear o avanço desse vírus”, disse ele.

Patrik explica, que a exemplo do que acontece em outros municípios, como Moreira Sales, por exemplo, as barreiras servem para controlar chegada de pessoas à cidade. “O objetivo é identificar e monitorar casos suspeitos de Covid-19 na cidade”, cita o vereador.

Na opinião de Patrik e também de outros vereadores, como Jacy da Silva, as barreiras deveriam ter sido implantadas desde o início.“Muitas pessoas ainda não se conscientizaram da necessidade de ficar em casa. Essas barreiras sanitárias servem para perceber o fluxo e desta forma, a saúde monitorar as pessoas que chegam em Goioerê, finalizou Patrik.

CASOS:Goioerê já registrou 5 casos positivos da Covid-19, sendo que 4 foram curados e um ainda está na UTI em Campo Mourão.

Dos casos suspeitos registrados pela saúde, 18 deram resultados negativos. Atualmente, 15 pessoas estão sendo monitoradas no município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.