Quarto Centenário: CMEI reinventa a forma e fazer educação durante a pandemia

Por conta da pandemia do novo coronavírs, desde o dia 20 de março, os alunos estão sem aulas e sem qualquer contato físico com suas escolas, seus colegas e seus professores. Diantedesta realidade, que pegou a todos de surpresa, foi preciso reinventar e inovar as estratégias para manter os alunos em conexão com a educação.

Em Quarto Centenário, as aulas em toda a Rede Municipal estão acontecendo na modalidade remota, mas a preocupação desde o início foi como esse novo modelo seria desenvolvido de maneira eficaz com as crianças pequenas, da faixa etária entre 0 a 5 anos de idade e que são público alvo do atendimento em centros de educação infantil.

Foi justamente neste momento de medos, incertezas e preocupações com o aprendizado e desenvolvimento dos alunos, que o Centro Municipal de Educação Coração de Maria – CEMEI – desenvolveu uma importante estratégia para fazer com que seus alunos não perdessem o vínculo com a escola e com seus professores por meio de uma interação on line, reinventando assim o ato de ensinar, de forma a atender essa nova demanda educacional.

Direção, equipe pedagógica e professores promoveram a construção do ensino a distância, pautado na interação participativa e cooperativa da comunidade escolar, através de uma comunicação ativa e abertaentre família e escola, cujo objetivo foi dar continuidade a aprendizagem que principalmente na educação infantil, tem como principal pilar a ludicidade que por meio do ato de brincar agregado às vivências significativas, garantem a ampliação dos saberes da criança pequena, valorizando a participação da família mas acima de tudo o protagonismo do educando.

Durante o ano letivo são desenvolvidas várias ações que envolvem a participação da família e comunidade, sendo a maior delas a “festa junina”, que sempre contou com um público muito grande e o envolvimento de toda comunidade local.

Assim, o CMEI Coração de Maria, lançou a idéia de desafiar as famílias a realizarem o “Arraiá em Casa”, distribuindo um pequeno kit de festa junina, contendo alguns itens comuns nesta festa típica e que é tão apreciada por todas as crianças.

Esta atividade acabou mexendo com a cidade, onde as redes sociais foram inundadas com as publicações das famílias realizando suas festas juninas particulares. Foram vistas através dos vídeos postados no facebook as mesas repletas de comidas típicas, decoração, crianças e familiares trajados de “caipira”, cantando e dançando em casa e até pessoas que não faziam parte de nossa comunidade escolar acabaram sendo envolvidos e entraram no desafio junino.

Todo esse trabalho de equipe ainda apresentou resultados que ultrapassaram os limites da escola podendo ser medidos até no comércio local, que relatou o aumento das vendas de doces e outras comidas típicas e artigos de decoração, que não estavam sendo comercializados devido à pandemia. Da mesma forma houve ainda o fomento do negócio caseiro onde pessoas da comunidade passaram a comercializar bolos emaçãs do amor, atendendo às famílias que buscavam caprichar em seus “arraiais em casa”, trazendo renda extra para muitas famílias afetadas pela pandemia.

 

Dado sucesso e envolvimento da comunidade escolar nas atividades propostas para realização a distância, a instituição tem utilizado esta mesma forma de trabalho para manter fortalecidos os laços junto com as famílias dos alunos, com a proposta de novos desafios regularmente e sempre obtendo participação maciça das famílias.

A Secretária de Educação, Alice Miyashita, parabeniza toda a equipe de professores, direção, coordenação pedagógica e demais funcionários da instituição pelo exemplo de engajamento e amor pela educação que está sendo comprovada através deste trabalho brilhante junto aos alunos e seus familiares. “O momento não está sendo fácil para nenhum de nós, mas estabelecer e fortalecer esse vínculo entre escola, família e comunidade, é com certeza o caminho certo para que os impactos na educação, reflexo inevitável do distanciamento social, seja o menor possível”.

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 3522-2537 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.