Sindtêxtil garante acordo que resguarda centenas de empregos durante pandemia

Diante da pandemia da Covid-19, o Governo Federal editou a Medida Provisória 936/2020, tendo como principal objetivo a manutenção do emprego e renda.

A medida permitiu que, através de acordos coletivos de trabalho, fosse estabelecida a redução de jornada e salários, bem como a suspensão de contrato de trabalho e, nesses casos, o salário do trabalhador ou a parte suprimida, é pago pelo Governo Federal.

Diante disso, o Sindtêxtil – Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Fiação, Tecelagem e do Vestuário de Goioerê de Região, atuou intensamente em sua base, fazendo com que as empresas aderissem à medida para não demitir seus trabalhadores ou até mesmo não fechar as portas. O resultado desse trabalho garantiu que mais de 2 mil empregos fossem preservados.

A presidente do Sindtêxtil, Júlia Pereira da Silva, explica que foram dias de intensas negociações, visto que quando a MP 936 foi publicada, muitas empresas já estavam em dificuldades devido aos efeitos da pandemia.

Júlia ressalta que as negociações com as empresas e os trabalhadores, que culminaram na realização dos acordos coletivos, foram de suma importância para ambas as partes, para evitar demissões em massa e às empresas, para conseguir superar esse momento difícil.

 

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 99900-1503 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.