Para conter avanço do Coronavírus em Goioerê, venda de bebidas alcoólicas deve ser proibida

Setores da comunidade de Goioerê estão sugerindo à prefeitura, a proibição da venda de bebidas alcoólicas em lojas de conveniências, supermercados e nos postos de combustíveis.

De acordo com munícipes, ouvidos pela reportagem e que pediram para não serem identificados, não adianta fechar as lojas de confecção e outros setores, se a venda de bebida alcoólica está liberada.

“Tem gente fazendo churrasco às escondidas, às margens dos rios, promovendo aglomerações e facilitando a propagação do vírus. Tem que proibir a venda desses produtos e urgente”, dizem.

No ano passado, no primeiro lockdown estabelecido pelo governo do Paraná, a venda de bebidas foi proibida. Segundo as autoridades de saúde, isso foi fundamental para conter o fluxo e aglomeração de pessoas.

Conforme setores da comunidade, a situação se complica a cada dia, pois é comum ver pessoas comprando cerveja, carvão e outros produtos para churrasco. “Assim fica difícil, pois enquanto uns são prejudicados com o fechamento de seus estabelecimentos, outros fazem festa e propagam o vírus na cidade inteira”, disse um comerciante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.