Menina de 13 anos é morta a pauladas ao se negar a ter relação sexual

Uma adolescente de 13 anos foi brutalmente assassinada ao recusar ter relações sexuais com um homem. O caso aconteceu no Piauí. Segundo consta, a menina foi vítima de tentativa de estupro seguida de assassinato brutal no último sábado (2), em uma área rural.

O crime chocou a região e o suspeito, que é padrasto de uma amiga da vítima, está sob custódia e responderá por estupro e homicídio qualificado. A adolescente foi morta com golpes na cabeça usando um tronco de madeira de 20 kg.

O suspeito foi identificado como Egnaldo da Silva, de 26 anos. Em depoimento à polícia, ele negou que teria tentado estuprar a vítima.

“Ele negou a tentativa de estupro e falou que matou a vítima após ela lhe chamar de corno, mas sabemos que essa não foi a motivação. Acreditamos que a adolescente recusou ter relações sexuais com o suspeito, que esmagou o crânio da vítima com um tronco de 20 quilos”, informou o delegado responsável pelo caso, César Gomes. (Informações: tnonline – foto ilustrativa)