Copacol: Dia de Campo destaca potencial em sementes testadas no CPA

Enquanto se preparam para iniciar a colheita da soja, os cooperados aproveitam um breve intervalo para conhecer tecnologias em sementes para safras futuras durante o Dia de Campo da Copacol, realizado no CPA (Centro de Pesquisa Agrícola), em Cafelândia.

Com o bloquinho em mãos, de uma estação experimental a outra, o cooperado Sílvio Ribeiro, 68, anotou explicações e também quais novas variedades em sementes se adaptam mais aos 18 alqueire da propriedade em Quarto Centenário. “Sempre tem novidade, algo a aprender. Conheci variedades que mesmo em uma condição difícil do solo, a planta se adapta bem e dá uma boa produção. Já estou de olho para a próxima safra”, diz o cooperado, que esteve em todas as seis tendas do conhecimento: cada uma abordou um tema diferente, preparando os produtores para os desafios que estão por vir.

As análises de adaptabilidade de sementes e desempenhos de produtos vão muito além da área do CPA. Para proporcionar o máximo em eficiência e confiabilidade dos produtos indicados, a Copacol mantém avaliação de 110 cultivares de soja em seis regiões diferentes. Além de Cafelândia, as pesquisas são desempenhadas em Goioerê, Jesuítas, Cascavel, Planalto e Ampére. “Em nossas cultivares do Dia de Campo, apresentamos as sementes adequadas para cada região de atuação da Cooperativa. É o momento de recomendar os materiais para acertar na implementação da cultura, tendo segurança do retorno financeiro ao cooperado”, afirma Fábio Ceccato, engenheiro agrônomo da Copacol em Jesuítas.

Com duas Unidades de Grãos recém-adquiridas em Assis Chateaubriand, a Copacol apresenta a estrutura da Cooperativa aos produtores da região, bem como as tecnologias para cada nova safra. Irineu Gallo, 70, e a esposa, Iliedi 59, vieram de Assis acompanhar a trigésima terceira edição do Dia de Campo, acompanhados da filha Karla, 35, e do netinho Gael, 4. “Estamos conhecendo a Copacol com maior profundidade: o Dia de Campo foi muito bom, com boa estrutura, tudo bem organizado. Ficamos felizes com a chegada da Cooperativa, que traz novas oportunidades para Assis Chateaubriand”, afirma Irineu.

SEMENTES COPACOL
Com marca própria de sementes, a Copacol proporciona segurança ao produtor a cada safra. As lavouras que dão origem as cultivares são acompanhadas de perto pelos pesquisadores do CPA, que têm como prioridade a qualidade de cada lote. O produto é testado com rigor antes de ser comercializado. Além disso, a sementes são tratadas e armazenadas em unidades refrigeradas, conservando as propriedades e o vigor do produto até chegar o momento da instalação. No Dia de Campo, os cooperados puderam conhecer a origem das sementes e quais os testes realizados que demonstram o potencial produtivo de cada lote. “A rastreabilidade garante uma semente confiável, que passa pelo laboratório antes de ser comercializada. Demonstramos no Dia de Campo, por meio de pequenos campos experimentais, a importância do tratamento, bem como os cuidados na hora do plantio, como a profundidade da instalação”, afirma Ana Cláudia Nogueira, pesquisadora do CPA.