Copacol: Cooperada de Jesuítas recebe R$ 2,10 por cabeça de frango

Com lote de aves entregue à Cooperativa no final do mês de janeiro, a cooperada de Jesuítas, Edna Bermar obteve um resultado de R$ 2,10 por cabeça de frango, o maior valor pago pela Cooperativa neste início de ano.

Na propriedade da família, ela é responsável pelos cuidados com as aves no aviário, porém toda a família está envolvida na atividade. O sogro Sergio e a sogra Maria, que moram próximos, estão sempre atentos a qualquer toque do alarme.

“Por mais que o aviário esteja no meu nome, o resultado tem um pouco de cada um, pois todos estão sempre atentos. É um trabalho realizado em família, com o apoio da Copacol e as orientações da técnica Maria da Penha, conhecida por nós avicultores com Nena. A gente sempre busca o melhor resultado, trabalha para isso e na fase inicial do lote explorei mais a ventilação mínima, conforme orientação técnica, acredito que este tenha sido o diferencial”, conta.

Segundo a avicultora, ela sempre tira por base o lote anterior, procura aproveitar o que foi bom e, por outro lado, busca melhorar algum manejo que não foi tão eficiente no ciclo anterior. Com isso tem observado uma considerável melhora nos resultados. “Trabalhamos com a avicultura há vários anos e neste último lote tivemos a grata satisfação de obter esse valor que para nós é histórico”, comemora Edna, que tem na avicultura uma importante fonte de renda.

OUTROS RESULTADOS

Enquanto Edna obteve a maior remuneração na avicultura da Copacol no mês de janeiro, outros produtores também se destacaram com bons índices zootécnicos.

O melhor IEP (Índice de Eficiência Produtiva) foi obtido pelo cooperado Reinaldo Dalmagro, de Cafelândia, que alcançou 474 pontos. A médica geral de janeiro na avicultura da Cooperativa foi de 410 pontos.

Já a melhor conversão alimentar foi obtida pelo produtor Dionisio Mezzon, de Nova Aurora, com 1.488 Kg. A média de conversão do mês, entre todos os produtores que entregaram frangos à Cooperativa, ficou em 1.669 Kg.

Quando o assunto é o peso médio dos frangos entregues, o destaque do mês foi o avicultor Valdeci Antônio Vizzotto, de Cafelândia, com 80.74 gramas, resultado bem acima da média geral, que ficou em, 71.30 gramas.