Com biossegurança, primeiro dia do vestibular foi normal na UEM

Segue nesta segunda-feira, o vestibular da Universidade Estadual de Maringá (UEM). O concurso foi iniciado ontem, sendo realizado com rigoroso protocolo de biossegurança aprovado previamente pela Secretaria de Estado da Saúde do Paraná. Houve presença de 53,73% dos 14.273 inscritos. Ou seja, 7.669 vestibulandos compareceram em 11 cidades paranaenses, com índice de 46,27% de ausências (6.604 pessoas).

De acordo com Maria Raquel Marçal Natali, presidente da Comissão Central do Vestibular Unificado (CVU) da UEM, o que pode justificar o grande número de faltosos são: as inseguranças econômicas e de saúde pública causadas pela pandemia da Covid-19, a divulgação do resultado final do Processo de Avaliação Seriada (PAS) no último dia 7 e a transferência da aplicação de provas de Curitiba para Ponta Grossa, em razão do cumprimento de um decreto da capital.

Os cursos de graduação presenciais mais concorridos, conforme dados da CVU, foram: Medicina (271,52 candidatos para cada vaga universal), Odontologia (25,21/vaga universal), Psicologia (23,05/vaga universal), Direito matutino (21,86/vaga) e Arquitetura e Urbanismo (21,85/vaga universal). Amanhã (24) ocorrerá o segundo dia de provas do Vestibular 2020, com entrada nos locais de prova permitida das 13h às 13h50 no Horário de Brasília.

Neste domingo (23) as questões foram sobre conhecimentos gerais e houve redação. Hoje (24) serão abordados conhecimentos específicos, língua portuguesa e literatura (língua portuguesa e língua estrangeira). Para entrar na sala, o inscrito deve estar com máscara no rosto, devendo usá-la o tempo todo, e apresentar um documento de identificação original com foto e em bom estado de conservação. Segundo os editais da CVU, é necessário levar uma máscara reserva, para trocá-la após duas horas de início da prova, e caneta de tubo transparente com tinta azul-escura.

O Vestibular 2020 da UEM oferta 2.989 vagas (soma do Vestibular de Inverno 2020 e do Vestibular de Verão 2020), distribuídas da seguinte maneira: 60% das vagas são destinadas à ampla concorrência; 20% das vagas são destinadas às cotas sociais (já existentes); e 20% das vagas são destinadas às cotas para negros (oferecidas pela primeira vez; destas, ¾ vão para negros de baixa renda e ¼ ficam reservadas para negros sem esse recorte social). O resultado final do processo seletivo será divulgado em 15 de junho, às 10h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!