A cada quatro horas, Paraná vê uma morte por arma de fogo

Dados do site de noticias Bem Paraná, apontam que a cada 4 horas, uma pessoa morre vítima de arma de fogo no Paraná.

Ainda de acordo com os dados do site, entre os municípios paranaenses, Curitiba concentra o maior número de mortes por arma de fogo na década, com 10.242 registros (o equivalente a 21,8% do total). Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, e Londrina, no norte do estado, aparecem na sequência, com 3.677 e 2.263 registros, respectivamente.

Um fenômeno curioso que tem se verificado com o passar dos anos, contudo, é a interiorização da violência armada no Paraná. Em 2010, por exemplo, a regional metropolitana, que engloba Curitiba e os municípios do entorno, concentrava 53,31% das mortes por arma de fogo no estado. Em 2019, esse porcentual foi para 33,93%. Por outro lado, praticamente todas as outras 22 regionais de saúde viram sua participação no total de óbitos do Estado crescer, com especial destaque às regionais de Paranaguá (que passou de 2,32% para 4,87%), Ponta Grossa (de 1,91% para 4,19%), Guarapuava (de 1,83% para 4,94%), Francisco Beltrão (de 0,90% para 2,47%) e Telêmaco Borba (1,23% para 3,30%). (Foto e informações: Bem Paraná).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.