Pressionada, prefeitura de Goioerê revê parte do plano de apoio à ATA

Depois de muita pressão, feita por vários setores da comunidade, a prefeitura de Goioerê baixou o tom e nesta semana reviu parte do plano de apoio à ATA – Associação dos Coletores de Materiais Recicláveis da cidade.

De acordo com a diretoria da entidade, a associação está passando por um momento muito crítico e correndo o risco de encerrar as atividades, caso não seja socorrida.

Na quinta-feira, o prefeito Pedro Coelho recebeu representantes da entidade, oportunidade em que firmou uma série de compromisso com a associação, entre elas, de viabilizar a contratação de mais dois funcionários.

Ainda durante a reunião, ficou acertado que a prefeitura realizará serviços de recuperação da estrada que dá acesso à entidade, que há tempos está em péssimo estado de conservação, tendo piorado ainda mais com as chuvas dos últimos dias.

Também ficou acertado, que a cada quinze dias, as famílias que trabalham na ATA terão acesso a cestas básicas de alimentos que serão cedidas pelo município. “Isso vai nos ajudar e muito”, diz a presidente Cida Santos.

Outro compromisso firmado pela administração com a ATA, é que a prefeitura arcará com os custos do conserto do triturador de galhadas, que está parado por problemas mecânicos.

 

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 3522-2537 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!