Rapaz com Covid vai a churrasco e visita avó 

Um rapaz de 22 anos – contaminado pelo coronavírus – participou de um churrasco e ainda esteve na casa de parentes, não respeitando as regras de isolamento social.
O caso foi para na Justiça de Jaguapitã, que determinou que ele obedeça o isolamento.
A determinação atende um pedido formulado pelo Ministério Público do Paraná (MPPR), depois que o rapaz desrespeitou a notificação da secretária da saúde da cidade.
De acordo com o MPPR, o jovem chegou a aceitar um termo de consentimento a respeito do isolamento, mas as investigações apontam que ele participou de um churrasco e visitou a avó, que está internada com suspeita de Covid-19.

Além do isolamento, o MPPR também quer que jovem seja condenado ao pagamento de R$ 30 mil pelos danos sociais causados pela violação da quarentena. O rapaz também foi acionado na esfera criminal por infração de medida sanitária preventiva, com pena de detenção que pode variar de um mês a um ano de detenção.

Agora, com a liminar, o jovem estará sujeito a multa de R$ 10 mil caso descumpra a determinação da justiça.

Colaboração MPPR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.