Vereadora quer criar serviço de denúncia de violência contra a mulher em Goioerê

Foi aprovada na noite de ontem pelos vereadores de Goioerê, indicação da colega Luci Alvino, sugerindo à administração municipal, estudos técnicos, visando a elaboração de um projeto de lei, instituindo o serviço de denúncia de violência contra a mulher.

Na mesma indicação, aprovada por unanimidade dos parlamentares, a vereadora sugere também, que este serviço seja ampliado e através dele denunciados abusos e exploração sexual infantil. “A violência contra a mulher e os abusos infantis estão aí. Precisamos fazer alguma coisa”, disse Luci.

Também na sessão de ontem, foi aprovada indicação do vereador e presidente da Casa, ‘Kleber Paraíba’, que pede à prefeitura, em especial à Secretaria de Saúde, informações sobre o quantitativo de insumos e equipamentos para atendimento e monitoramento a pacientes diagnosticados com Covid-19.

“Nossa intenção é saber se há insumos suficientes e equipamentos necessários para atender a população. Se estiver em falta, que nos falem qual a razão ou os motivos dessa falta”, destacou ele.

A Câmara também aprovou na sessão desta segunda-feira, requerimento de autoria do vereador Fábio Plaza, solicitando da Secretaria Municipal de Assistência Social, que informe se existe algum cadastro de pessoas em situação de rua. Se sim, quantas pessoas estão cadastradas.

No mesmo requerimento, o vereador pede informações sobre o número de pessoas em situação de rua atendidas no ano de 2020 e quais medidas atualmente são adotadas no atendimento de pessoas em situação de rua.

Também foi aprovada, indicação da vereadora Luci, que solicita da Secretária Municipal de Saúde, estudar a viabilidade técnica de criar uma equipe, capacitada, com os aparatos e protocolos de segurança contra a Covid-19, objetivando o monitoramento presencial dos pacientes positivados com a doença e que estão em isolamento residencial, para aferir a pressão arterial, a temperatura corporal, a saturação e até mesmo a glicemia, seguindo o exemplo do Município de Rancho Alegre do Oeste.

A vereadora cita que a finalidade é evitar que estas pessoas positivadas tenham que se deslocar de suas casas, saírem do isolamento para fazerem tais procedimentos nas unidades de saúde, aumentando o risco de transmissão do vírus.

De autoria do vereador Ricardo Martins foi votada indicação sugerindo a inclusão dos caminhoneiros e trabalhadores autônomos (perfumeiros), no grupo prioritário para a vacinação contra a Covid-19.

A Câmara também aprovou indicação do vereador Márcio Lacerda, solicitando da Prefeito Municipal, em especial do setor responsável, para que adote as medidas cabíveis, objetivando a execução dos serviços de poda das árvores existentes no passeio, que faz fundos do CMEI e ao lado da Unidade Básica de Saúde do bairro Vila Guaíra, localizado na Avenida Carlos Scarpari.

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 3522-2537 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!