Sanepar pede que população de Goioerê racione o uso da água

A direção do escritório regional da Sanepar, que funciona em Campo Mourão, está pedindo à população de Goioerê, que racione o uso da água.

De acordo com a gerente Aracely Pendiuk, Goioerê foi onde a Sanepar registrou os problemas mais críticos neste período de estiagem.

Segundo ela, os poços diminuíram muito a vazão e foram necessárias ações emergenciais para atender a população, mesmo assim com períodos de falta de água.

Para tentar suprir a demanda, na última terça-feira (12) foi interligado mais um poço existente em Jaracatiá. Porém, foi necessário quadruplicar a profundidade.

“O poço tinha 80 metros, deixamos com 330 e talvez seja necessário afundar mais. Ainda estamos trabalhando para que a população seja atendida adequadamente”, explica a gerente da Sanepar.

Ainda de acordo com Aracely, apesar da região não ter sido tão afetada com a estiagem como outras do estado, a população deve usar a água com racionalidade.

“Sabemos que com o período de calor chegando o consumo aumenta e enquanto as chuvas não retornarem nos índices considerados normais é preciso usar com moderação”, recomenda.

 

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 3522-2537 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!