Observatório questiona uso de R$ 87 mil da Covid para pagar férias de servidores

Um ofício do Observatório Social de Goioerê, enviado esta semana à prefeitura, questiona a administração do prefeito Pedro Coelho, sobre o uso de recursos que deveriam ser destinados em ações de enfrentamento à Covid-19.

De acordo com o órgão, o questionamento foi motivado por conta de constar no Portal da Transparência, que a administração teria usado R$ 87.739,82 – recursos da Covid – para pagamento de salários e até mesmo de férias a servidores.

Em resposta, a prefeitura teria informado que os recursos entraram nas contas do município, como forma de reparar perdas e equilibrar as finanças, que sofreram redução por conta da pandemia.

Ainda de acordo com a prefeitura, a maior parte dos R$ 87 mil que aparece no Portal de Transparência, foi usada para pagamento de servidores, todos trabalhadores da saúde. O total aplicado a título de férias é muito pequeno.

Informações da prefeitura, apontam ainda que os recursos entraram nos cofres do município em uma espécie de conta livre, podendo ser usado, inclusive, para pagamento de salários.

RECURSOS: – A última remessa de recursos recebida por Goioerê, foi da ordem de R$ R$ 2.051.788,00.De acordo com a Portaria 1666/2020, publicada no Diário Oficial da União, no dia 1º de julho, os recursos serão disponibilizados em parcela única aos municípios.

Além destes R$ 2 milhões, Goioerêrecebeu ainda R$ 417 mil através do deputado José Carlos Schiavinato e tem garantindo outros R$ 500 mil, do deputado Rubens Bueno. O município também garantiu uma boa quantidade de recursos através da Assistência Social.

 

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 3522-2537 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!