Município vai oferecer estrutura e Goioerê poderá ter Tiro de Guerra

O município de Goioerê encaminha nos próximos dias para o Exército Brasileiro, documento de intenção de instalação física do Tiro de Guerra no município. De acordo com o prefeito, a cidade já dispõe de dois espaços e caberá ao Exército escolher o que melhor lhe servir.
Para quem não sabe, o Tiro de Guerra (TG) é uma instituição militar, encarregada de formar atiradores e cabos de segunda categoria (reservistas) para o Exército Brasileiro. Os TGs proporcionam a milhares de jovens, principalmente os que residem em cidades do interior, a oportunidade de prestarem o Serviço Militar Inicial.
Na quinta-feira, o prefeito Betinho Lima, acompanhado do Capitão Renato Moreira do Espírito Santo, comandante da 2ª CIA da PM de Goioerê, estiveram em Campo Mourão, onde conheceram um pouco da estrutura do Tiro de Guerra daquela cidade.
Segundo as informações, a Prefeitura fornece o espaço físico, moradia para os instrutores, alimentação – café da manhã aos atiradores – e serviços de manutenção do prédio, incluindo limpeza uma vez por semana. As despesas são custeadas por uma rubrica específica no orçamento anual da Procuradora Geral.
Além de explicar sobre o funcionamento do TG, bem como ingresso e rotina das atividades, o comandante do Tiro de Guerra de Campo Mourão também mostrou as instalações ao prefeito, como os espaços destinados à instrução, equipamentos e armamento utilizado.
Em Campo Mourão o Tiro de Guerra conta com duas turmas de 50 atiradores e as instruções são ministradas das 6 às 8 horas da manhã, de segunda a sábado.
Betinho disse que Campo Mourão é referência regional e por isso a visita ao Tiro de Guerra. “Queremos oferecer o serviço militar em Goioerê, que é a segunda maior cidade da região. Agora vamos oficializar o Exército e colocar terreno e estrutura para abrigar essa unidade”, disse ele, explicando que o município dispõe de dois espaços para oferecer ao Exército.

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 3522-2537 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.