Câmara aprova entrada de Goioerê em coansórcio para comprar vacinas

Vereadores de Goioerê aprovaram nesta terça-feira, durante sessão extraordinária, Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo Municipal, autorizando a prefeitura a aderir ao Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras e com isso, adquirir vacinas contra a Covid 19.
De acordo com o presidente da Câmara, ‘Kleber Paraíba’, o projeto seguiu para sanção do prefeito Betinho Lima, que nesta sexta-feira já encaminhou cópia da lei aprovada e demais documentos à FPN (Frente Nacional de Prefeitos), que é a responsável por organizar os processos relativos à compra das vacinas.
De acordo com o prefeito Betinho Lima, o ingresso do município no consórcio vai facilitar a compra dos imunizantes em grande quantidade pelas cidades, já que o governo federal tem apresentado dificuldades na aquisição das doses. “Esse consórcio vai permitir que os municípios possam acelerar o processo de vacinação”, diz ele.
O prefeito cita que há urgente necessidade de vacinação em massa da população das cidades brasileiras, não só para frear o iminente colapso na área da saúde, evitando mortes por desassistência, como também para retomar a atividade econômica, a geração de emprego e renda e o convívio social.
Segundo a Frente Nacional de Prefeitos, a fonte para a compra das vacinas poderá ser recursos municipais próprios, como é o caso de Goioerê, ou ainda repasses de verbas federais (inclusive decorrentes de emendas parlamentares) e doações advindas de fontes nacionais e internacionais.

GOIOERÊ: – Em Goioerê, o prefeito Betinho Lima já disponibilizou R$ 2 milhões para a compra de vacinas. “O dinheiro está reservado e se for preciso comprar a vacina a gente vai comprar”, destaca ele.

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 3522-2537 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.