Janiópolis lembra o Dia 18 de Maio com mobilizações nas redes sociais

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, lembrado sempre em 18 de maio, não passou em branco em Janiópolis. Para marcar a passagem da data, a equipe da Assistência Social do município, através do CRAS, alertou a população com mobilizações feitas através das redes sociais.
A psicóloga Juliana Benatto conta que por conta da pandemia e as medidas de restrições, a equipe achou por bem focar nas redes sociais. “A pandemia não nos permitiu irmos para as ruas, mas usamos as redes sociais para que o alerta pudesse chegar até a população”, comenta ela.
Além dessa ação, Juliana cita que foram entregues, nas casas dos participantes dos grupos de convivência, atividades escritas sobre a data. “A gente não pode se reunir por causa da Covid, mas buscamos essa interação através dessa atividade escrita”, disse ela.
A secretária de Assistência Social do município, Eliane Demczuk Melniski, cita que a ação realizada nesta semana, teve como objetivo chamar a atenção da sociedade, para assumir a responsabilidade de prevenir e enfrentar a violência sexual praticada contra crianças e adolescentes. “Infelizmente muitos casos não são denunciados e a sociedade precisa colaborar assumindo sua responsabilidade no cuidado com nossas crianças”, destaca secretária.
Além do CRAS, Janiópolis conta com outros órgãos de apoio e de atenção às crianças e adolescentes que passam por situações de violência. A cidade tem o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e ainda o Conselho Tutelar, todos recebendo total apoio da administração do prefeito Ismael Dezanoski.

18 de Maio: – O “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro. Esse dia foi escolhido, porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Crime Araceli”.
Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados. Esse crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune. A intenção do Dia 18 de Maio é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar dessa luta.

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 3522-2537 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!