Em 2020, Goioerê deixou a desejar na questão de transparência, diz TCE

O município de Goioerê figura na 266ª posição quando o assunto é transparência, segundo aponta o novo Índice de Transparência da Administração Pública (ITP), divulgado pelo TCE – Tribunal de Contas do Estado do Paraná. Os índices são relativos às ações de 2020, quando o município tinha como prefeito, o agricultor Pedro Coelho. Na somatória dos quesitos, Goioerê alcançou nota de 64,85%, ficando na 18ª posição na Comcam.

Já Ubiratã, que lidera o ranking na região, alcançou uma nota bem maior, atendendo a 88,41% dos critérios fixados no levantamento. Em nível de Paraná, Ubiratã ficou na16ª posição, deixando para trás cidades maiores como Goioerê e Campo Mourão, esta última ocupando o 6º lugar na região e 79ª posição no Paraná.

Na Comarca de Goioerê, o município com maior índice de transparência é Rancho Alegre D’Oeste, que atendeu a 75,28% dos critérios do TCE, ficando com o 8º lugar na região e ocupando a 111ª posição em nível estadual.

A cidade com o pior desempenho da região Comcam é Luiziana, que somou atender a apenas 49,89% dos critérios do Tribunal de Contas. O município está entre as 14 cidades do Paraná com a menor nota, ocupando a 385º colocação estadual. (Fonte: Tribuna do Interior)

VEJA ABAIXO OS ÍNDICES DAS DEMAIS CIDADES DA REGIÃO

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.