Avô de menina morta em Mariluz está preso

Informações do portal de notícias O Bemdito, veiculadas na tarde desta segunda-feira, dão conta de que segue preso na cadeia pública de Cruzeiro do Oeste, o avô da menina morta no último sábado, por um disparo acidental de espingarda, feito pelo próprio irmão de 9 anos. A menina tinha 7 anos.

O avô da menina foi preso por posse ilegal de arma fogo e também deverá responder por omissão de cautela de arma de fogo. Ele está preso aguardando pagamento de fiança.

Nesta terça-feira, provavelmente, familiares da menina deverão ser ouvidas pelo delegado Isaías Cordeiro. O delegado quer saber detalhes de como tudo aconteceu.

A morte da menina foi registrada em uma propriedade rural, no bairro Olaria, onde ela e o irmão moravam com os avós paternos.

A cidade de Mariluz ainda está em choque com o ocorrido, com muitos amigos do avô da menina lamentando o fato.

A criança foi atingida por apenas um disparo, que acabou provocando cinco perfurações, uma vez que se trata de um cartucho usado em caça, que se separa em esferas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.