Serviço de convivência e fortalecimento de vínculos não parou durante pandemia

Em tempos de pandemia, um dos maiores desafios da Assistência Social de Rancho Alegre D’Oeste, foi se adaptar à nova situação e entender a dinâmica da crise provocada pela Covid-19 e não para os serviços prestados, em especial o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo.

“A gente sabe da necessidade desse serviço e por isso nossas profissionais não pararam”, diz a prefeita Suely Silva, citando que o desafio maior nesse período, foi em como realizar o atendimento para o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV.

Ela disse que nesse período, as profissionais construíram com  os usuários, canais de comunicação, adaptados com instruções através de vídeo aulas. “Um trabalho excepcional feito com muita dedicação e amor”, comenta a prefeita.

Nesta semana, a prefeita recebeu uma amostra de uma técnica de trabalho manual empregada na Oficina do Grupo de Mulheres e Idosos. Todo o material foi fornecido pelo CRAS. “O resultado ficou maravilhoso somado ao cuidado, afeto, atenção e carinho no atendimento às nossas famílias”, frisou ela.

A prefeita está agradecendo a cada uma das técnicas que não mediram esforços para, mesmo em meio à pandemia, seguir realizando um trabalho de resultado para a população. “Nós só temos que agradecer”, destacou.

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioereEnvie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 3522-2537 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!