Rancho Alegre: campanha ‘Quebrando o Silêncio’ orientou sobre necessidade de denunciar abusos

Além do engajamento ao enfrentamento à pandemia da Covid-19, Rancho Alegre D’Oeste enfrenta um outro desafio: ajudar crianças, adolescentes, jovens, mulheres e idosos a darem um basta à violência através da campanha ‘Quebrando o Silêncio’.

A ação foi realizada nesta semana, com a distribuição de panfletos,  conversa e orientação a moradores da cidade. A proposta, segundo os organizadores da campanha, é incentivar vítimas que sofrem de violência a denunciar o agressor.

A campanha é da Igreja Adventista, que informa que outro objetivo do projeto, é orientar as famílias, pais e filhos, educadores e alunos sobre o assunto, levando esclarecimento quanto a seus direitos e alertando quanto à necessidade de quebrar o silêncio e buscar junto aos órgãos competentes o apoio necessário

A prefeita Suely Silva, que deu todo apoio à realização da ação em Rancho Alegre, diz que esse tipo de ação é fundamental. “É uma campanha muito interessante, que serve de apoio para tantas crianças que não conseguem falar sobre o assunto. Os organizadores estão de parabéns”, citou ela.

Em Rancho Alegre a campanha foi realizada através de um pedágio, com a distribuição de materiais educativos e cumprindo medidas restritivas. O tema da campanha este ano é “Amor que mata, não é amor.”.

A prefeita cita que sua administração tem buscado atentar para esta questão, apoiando a população através de ações do CRAS e Assistência Social. “A gente tem buscado fazer nossa parte e ficamos felizes ao termos apoio de entidades como a igreja através desta campanha”, destacou ela.

Suely cita que a violência na família é inaceitável e uma das propostas do projeto, é justamente resgatar os valores cristãos do amor e respeito ao próximo, fortalecendo as famílias, que é facilitadora da interiorização de valores e, desta forma coibir abusadores.

 

 

Siga nossa página no facebook: facebook.com/gazetagoioere

E nosso Instagram: @gazetagoioere

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe da Gazeta Regional pelo WhatsApp (44) 3522-2537 ou entre em contato pelo (44) 3522-2537.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!