Saiba como deve ser a declaração do médico para vacina de quem tem comorbidades

O Conselho Regional de Medicina do Paraná disponibilizou nesta quarta-feira, 5 de maio, em seu Portal de Serviços, a declaração de comorbidades para vacinação contra a Covid-19.

A declaração elenca as doenças e condições determinadas pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação. O documento será preenchido pelo médico, utilizando seu login e senha de acesso ao portal, com a indicação da comorbidade que elege o paciente para a vacinação contra a Covid-19 dentro dessa lista.

Para receber a declaração de comorbidades o paciente deverá procurar seu médico. Para emitir o documento o médico deverá identificar e consultar o histórico de saúde do paciente, de modo que esteja apto a atestar a condição relacionada no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação.

A pedido do paciente, quando houver comorbidade não elencada no rol divulgado pelo Ministério da Saúde, o médico poderá emitir um atestado convencional, mas específico. (Informações BandaB).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!