Luto e sofrimento em tempos de Covid-19

Luto, dor e sofrimento. Assim tem sido para muitos goioerenses, que nos últimos dias estão vendo seus entes queridos serem abatidos em decorrência de complicações da Covid-19 – o Coronavírus.

Apesar da queda no número de casos, em Goioerê, conforme se vê, as mortes não param, o que tem gerado sentimentos de tristeza, medo, ansiedade e saudade.

As duas últimas vítimas são duas mulheres: mães, donas de casa, esposas. Mulheres que tinham responsabilidade em casa e fora dela. Mulheres que deixam filhos, cuja criação caberá aos viúvos que ficaram, às avós e tias.

Diante desse quadro, com a onda de mortes que assombra nossa cidade e assusta até mesmo os profissionais da saúde, o sentimento que temos é de impotência e fraqueza.

Até agora, 60 pessoas foram mortas pela Covid em Goioerê. No Brasil, cerca de meio milhão, entre os quais pais e mães que deixaram precocemente seus filhos.

Estamos exaustos, cansados de sentir medo e com todas as mudanças e incertezas advindas do cenário atual, o negócio é não relaxar e redobrar os cuidados com a saúde  da mente e das emoções.

Às famílias vitimadas e enlutadas pela Covid, nosso respeito e sentimento de pesar. Mas apesar de tudo, vamos em frente, pois apesar da pandemia, a vida pode ser linda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.