Goioerê: veículos da saúde têm mais de R$ 14 mil de multas acumuladas de gestões passadas

Prefeitos que passaram pelo comando da Prefeitura de Goioerê entre os anos 2015 e 2020, deveriam ser responsabilizados pelas multas acumuladas por veículos da Secretaria de Saúde. De acordo com levantamento feito pela administração atual, o município deve mais de R$ 14 mil referentes a multas de trânsitos e licenciamentos vencidos desde o ano de 2015.

A dívida, segundo a Assessoria de Imprensa da Prefeitura, foi identificada depois que um veículo da saúde, um Fiat Ducato, se envolveu em um acidente de trânsito. Ao verificar os documentos, identificou-se que os mesmos estavam vencidos. O veículo, ano 2015, está com multas e licenciamento vencidos desde 2016.

A secretária Gabriela Martins explica que foi uma surpresa saber que veículos da frota da Saúde estão com documentação vencida e com débitos, gerados especialmente na gestão anterior, à época em que Pedro Coelho era o prefeito da cidade. Ao tomar conhecimento da situação, a própria secretária determinou buscar informações de todos os veículos.

“Não importa se as multas e o não pagamento de licenciamentos foram gerados na gestão passada, vamos regularizar para que nossos veículos realizem seus atendimentos sem prejuízo à população”, argumenta a secretária.

De acordo com o levantamento realizado, são 7 veículos com multas de trânsitos e licenciamentos não pagos desde 2015, entre eles um Fiat Siena e um Fiat Uno. Já em 2016 os veículos com débitos são um Fiat Ducato, Fiat Uno, Kombi e um Ford Fiesta. Existe ainda um Fiat Palio com documentos vencidos desde 2017.

Além destes 7 veículos, a Secretaria de Saúde informou que existem outros dois que já entraram em dívida ativa por falta de pagamento. Conforme a Prefeitura, a mesma verificação feita nos veículos da Secretaria de Saúde, será feita nos demais carros da administração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.