Copacol: palestra online discutiu sanidade e nutrição na piscicultura

A pandemia provocada pelo novo coronavírus, que já dura mais de um ano, tem mudado o habito das pessoas e nas empresas não é diferente.

Atendendo a todas as recomendações dos órgãos sanitários, bem como o cumprindo dos decretos municipais, a Copacol tem tomado todas as medidas de segurança para evitar a contaminação das pessoas, que de uma forma ou de outra estão ligadas à cooperativa.

Uma dessas medidas, são os eventos que antes eram realizados de forma presencial, agora estão sendo realizados de forma virtual.

Na quinta-feira, dia 25, os cooperados que são integrados à piscicultura tiveram a oportunidade de participarem de uma live, na qual o médico veterinário Nilson Zgoda, apresentou as novas tendências de manejos, principalmente no que se refere às questões sanitárias, nas diversas etapas do sistema de produção.

A expressiva participação dos cooperados que interagiram, mostra o interesse do produtor em agregar conhecimento que consequentemente possa ser colocado em prática na constante busca dos melhores resultados.

Sob o tema manejo, sanidade e nutrição, que é a combinação de bons resultados, o médico veterinário apresentou todo o trabalho que está sendo desenvolvido pela equipe produção e produtores, e os resultados estão sendo colhidos na prática, com um peixe de melhor qualidade.

“Durante o evento procuramos mostrar as ações que a cooperativa vem desenvolvendo em toda a sua cadeia produção nas questões sanitárias. Começa nas avós, matrizes, alevinos, juvenis e adultos, enfim em todas as fases de produção, inclusive com depoimentos e imagens de alguns produtores e colaboradores da unidade de produção, que falam do comprometimento de cada um com a atividade”, menciona Nilson.

Nas questões nutricionais, o nutricionista Evandro Campestrini, que atua junto às fábricas de rações, disse que as mesmas são ajustadas para um melhor desempenho a campo e que a adequação e evolução nos processos de produção realizada nos últimos anos, proporcionam uma ração de melhor qualidade, com melhores índices zootécnicos aos produtores.

“Estamos sentindo os reflexos dessas alterações nos resultados de campo e temos novidades de processo que estão sendo estudados e melhorados, sempre pensando no melhor desempenho e resultado para o nosso produtor”, destaca Evandro.

“A live foi focada nas ações sanitárias e na apresentação da evolução dos resultados que a Copacol alcançou numa comparação do ano de 2019 com relação ao ano de 2020. E este ano estamos focados para melhorar ainda mais os resultados”, conclui o médico veterinário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!