Copacol amplia sistema logístico com moderno Centro de Distribuição

Com um investimento que chega aos R$ 140 milhões, o CD (Centro de Distribuição) da Copacol, instalado no Distrito de Nossa Senhora da Penha, Corbélia, é considerado um dos mais modernos do Brasil. A área total construída é de 15,8 mil metros quadrados, com 38 metros de altura – o equivalente a um prédio com 15 andares.

“Estamos vivendo em um tempo em que, cada vez mais, precisamos ser eficientes em todos os processos de produção, para nos mantermos competitivos no mercado. Nesse contexto, a logística tem um papel relevante nas empresas. O novo CD da Copacol vem para dar condições de melhorar os fluxos de armazenagem e expedição de produtos frigorificados, bem como atendermos nossos clientes no tempo adequado e com a qualidade por eles esperada. A tecnologia utilizada no CD permite maior eficiência tanto do ponto de vista operacional como na redução de custo”, afirma o superintendente de Logística, Itamar Ferrari.

As instalações possuem capacidade para armazenar 15,5 mil toneladas de produtos, que possibilitam estocagem da produção total da Cooperativa durante 15 dias. Com 17 docas, movimentação diária pode chegar a 1.850 toneladas, totalizando 70 carretas serão carregadas com produtos enviados a todo o País. “Passamos a concentrar a produção das nossas unidades industriais de peixes de Nova Aurora e Toledo, além das unidades industriais de aves de Cafelândia e Ubiratã, no nosso Centro de Distribuição. A estrutura aumenta nossa capacidade de estocagem, dando segurança de distribuição e fornecimento contínuo aos nossos consumidores”, explica o diretor presidente, Valter Pitol.

GIGANTE
Internamente há ambientes com sistemas diferenciados de resfriamento. A câmara para congelados comporta até 12,5 mil toneladas de frangos e 1,7 mil toneladas de peixes. São 142.350 metros cúbicos. Para ter uma dimensão do tamanho, esse espaço é o equivalente a 1,9 mil carretas. Já a outra câmara para resfriados tem capacidade para armazenar 1,3 toneladas de frangos. Possui 11.655 metros cúbicos, que equivalem a 150 carretas.

“A estrutura do CD é o que temos de mais moderno em armazenagem. Possui transelevadores automatizados que fazer a armazenagem e buscam os pallets, no descarregamento, tudo por sistema de automação. A velocidade de entrada e saída é muito superior ao sistema que temos nas câmaras, onde atualmente este trabalho é feito por empilhadeiras, com menor velocidade e passível de falhas”, ressalta o engenheiro civil, Marcelo Rodrigues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!