Goioerê já tem dinheiro reservado para comprar vacina se necessário

O prefeito de Goioerê, Betinho Lima, disse nesta sexta-feira, durante anúncio das medidas restritivas de enfrentamento à Covid-19, que se for necessário, a cidade já tem dinheiro reservado para a compra de vacinas para imunizar toda a população contra o Coronavírus.

De acordo com o prefeito, a cidade está preparada financeiramente e não vai titubear em distribuir a quantidade necessária de vacinas com o apoio dos governos Estadual Federal. “Se for necessário, a prefeitura vai comprar vacinas. Estamos com dinheiro separado para isso”, afirmou o prefeito.

A afirmação de Betinho vem logo após maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidir que estados e municípios podem comprar e fornecer à população vacinas contra a Covid-19.

O valor da reserva para a compra das vacinas não foi revelada pelo prefeito, mas fala-se em algo em torno de R$ 2 milhões.

COMÉRCIO FECHADO: – Desde à zero hora do último sábado, o comércio de Goioerê está com suas portas fechadas. Só os serviços essenciais estão funcionando, como farmácias, supermercados, postos de combustíveis, panificadoras, por exemplo.

As novas medidas também proíbem a realização de cultos e missas presenciais, sendo permitido apenas celebrações online e atendimento individual. Essas medidas serão validas até o próximo dia 8.

 

FISCALIZAÇÃO: Durante estes 8 dias, a fiscalização será intensificada na cidade, com a Polícia Militar fazendo cumprir a proibição de venda de bebidas alcoólicas durante o período das 20 às 5 horas e também o toque de recolher.

O prefeito Betinho Lima pede a compreensão da população, pois o momento é muito crítico e é preciso pensar na vida de todos.

UTI LOTADA: – De acordo com informações da Secretaria de Saúde, não há mais vagas para atendimento na UTI Covid da Santa Casa de Goioerê e nem em outros hospitais da região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.