Justiça Eleitoral não reconhece filiação de Paulo Novaes ao PDT

A Justiça Eleitoral de Goioerê, negou pedido feito pelo diretório municipal do PDT, para incluir no rol de filiados do partido, o nome do ex-prefeito José Paulo Novaes.

Em documento apresentado à Justiça Eleitoral, o PDT alega que Novaes teria se filiado ao partido no dia 30 de março de 2020, mas que o seu nome não aparece na lista oficial de filiados à sigla.

Na decisão, proferida pelo juiz Christian Palharini Martins, o magistrado afirma que à época da filiação, Novaes estava com seus direitos políticos suspensos, decorrente de condenação em ação civil pública.

No documento encaminhado à Justiça Eleitoral, o ex-prefeito alegou que comunicou sua filiação em 3 de abril, mas mesmo assim, segundo o juiz, a filiação é nula, uma  vez que os direitos políticos de Paulo Novaes só foram restabelecidos em 13 de abril de 2020

Com a decisão, o ex-prefeito fica impedido de se colocar como pré-candidato a prefeito pelo PDT. Mas segundo fontes do PDT, Novaes está regularmente filiado ao Democracia Cristã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.