Dor sem fim: o sofrimento de quem busca quem sumiu

O misterioso desaparecimento do casal Kawany Cleve e Rubens Biguetti, tem sido dolorosa para a família, que vive a espera de um milagre.

O sumiço do casal foi registrado na noite de segunda-feira, depois que o filho – um bebê de apenas 4 meses – foi encontrado na calçada de uma casa na Rua Contorno Norte, no Jardim Curitiba.

A partir de então, dor e sofrimento, angustia e desespero. “A pior dor é a falta de notícia”, diz a mãe desesperada, que usou as redes sociais para pedir: ‘Pelo amor de Deus, devolvam a minha filha com vida”.

A falta de notícia, ou de alguma informação que possa ajudar encontrar o paradeiro do casal, paralisa a vida dos parentes, de amigos e familiares.

A mãe chora, os parentes sofrem e nós imploramos, que se alguém souber de qualquer informação, ajude-nos. Os telefones para contatos são: 3522:1137 ou 190.

Além do sofrimento da mãe e dos parentes mais próximos, cresce também a dor do temor de jamais encontrar quem sumiu sem dizer para onde ia.

Compartilhe e ajude a família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.