Policial

Sogro se apresenta e diz porque esfaqueou genro

Autor das facadas que por pouco não culminaram com a morte de seu genro, Paulo Henrique da Silva, Daniel Ferreira de Carvalho (sogro), se apresentou nesta terça-feira na Delegacia de Polícia, para dar sua versão sobre o caso.

De acordo com ele, o crime aconteceu depois de uma discussão entre ele e o genro. Daniel conta que a discussão foi motivada pelo fato de Paulo Henrique ter pedido para que ele mentisse para a sua filha. Segundo Daniel, Paulo Henrique saiu de casa dizendo que ia para um bar vizinho. Em seguida, ele saiu para buscar mais bebida e não retornou.

Nesse ínterim, a filha de Daniel, que é esposa de Paulo Henrique, queria ir à igreja e ao passar próximo do bar, percebeu que o marido não estava lá. Daniel conta que encontrou o genro na Avenida 19 de Agosto, sendo que em seguida os dois retornaram para casa de Paulo, passando antes no bar, para pegar mais bebida.

Na casa, Paulo teria insistido com Daniel para não contar para a esposa que ele não estava no bar, o que não foi aceito por Daniel, uma vez que segundo ele, a filha teria visto que ele não estava no bar.

Em seguida os dois começaram a discutir e Paulo Henrique teria se apossado de um pedaço de pau e desferido golpes em Daniel, acertando nas costas e na cabeça. De acordo com Daniel, ele usou a faca para se defender, não sabendo precisar quantas facadas desferiu.

Depois disso, Daniel teria retornado à sua casa, onde contou para a esposa o que aconteceu, dizendo que achava que havia matado o genro. Por conta disso, ele fugiu e só se apresentou na terça-feira. Por estar fora do prazo de flagrante, ele foi ouvido e liberado. (FOTO - GOIONEWS)