Mortos ou desparecidos: onde estão eles?

Cães farejadores, helicóptero e apoio de equipes especializadas. Assim tem sido as buscas diárias por Rubens e Kawane, casal de Goioerê, que desapareceu há 12 dias.

A frustração a cada suspeita não confirmada, o desencontro de informações e a falta de notícias, se juntam para aumentar ainda mais a agonia e a angustia da família que vive em espera permanente.

A cada dia que passa, com o ronco do motor do helicóptero que sobrevoa a cidade – de manhã e ao cair da tarde – o sofrimento emocional é mais intenso, sendo impossível encontrar palavras para definir o que a mãe Léia e o pai ‘Nei’ sentem neste momento.

O misterioso desaparecimento de Rubens e Kawane completa 12 dias e apesar dos avanços nas  investigações, inclusive com a identificação de alguns suspeitos, não está fácil desvendar este mistério e acabar com o drama de uma família que sofre.

É impossível não sentir o que família está sentindo. É impossível não chorar com os que choram. Só quem já passou por este drama, sabe o que é viver uma dor que nunca passa.

Vamos orar, vamos rezar, mantendo sempre a esperança de encontra-los e que o apoio dos amigos conforte a família, apesar das enormes dificuldades em poder seguir com as suas vidas.  

 

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!