Local

Municípios vão receber equipamentos para adequação das estradas rurais

O Governo do Paraná vai repassar seis motoniveladoras que comporão patrulhas rurais já cedidas a consórcios municipais. As patrulhas são formadas por 10 máquinas e equipamentos pesados, utilizados na adequação e readequação de estradas rurais. A compra das motoniveladoras foi homologada pelo secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara.

Em reunião com representantes de nove consórcios intermunicipais, Ortigara, destacou a importância da estrada rural como fator de competitividade do setor. “A boa condição da estrada baixa custos, aumenta a eficiência”, disse. Ele lembra que as estradas são municipais, mas o Governo do Estado entende que pode ter uma contribuição nesta tarefa. “Tudo faz bem para a economia quando essas estradas funcionam de forma adequada”, afirmou Ortigara, reforçando a importância da parceria entre Estado e municípios.

Participaram da reunião os prefeitos e representantes dos consórcios Cid Centro, Vale do Ivaí, Conder, Vale do Rio Jordão, Codenop, Codren e Região Central.

Os consórcios intermunicipais fazem a gestão do conjunto de equipamentos cedidos pelo Governo do Estado, organizando rodízio entre os municípios, de forma a que todos possam utilizá-lo para melhoria de suas respectivas vias rurais. O objetivo do trabalho é incentivar, além de adequação e readequação de vias, a adoção de práticas conservacionistas.

Hoje, oito consórcios contam as patrulhas, adquiridas pelo Estado com recursos do Banco Mundial. Para o chefe do Departamento de Desenvolvimento Rural Sustentável (Deagro) da Secretaria da Agricultura, Richardson de Souza, os consórcios reconhecem a importância do trabalho, que colabora para a qualidade de vida da população e para o escoamento da safra.

RECURSOS - Os consórcios também solicitaram que a Secretaria da Agricultura passe a ajudar na manutenção das máquinas. Atualmente, conforme previsto nos convênios, essa é uma atribuição dos consórcios. “Nossa equipe vai elaborar um estudo de viabilidade da proposta de apoiar os municípios, o que será discutido com os consórcios nos próximos dias”, explica o técnico do Deagro Mauro César Wosniacki.

O PROGRAMA - A Secretaria da Agricultura detém 16 patrulhas rurais, sendo 9 compradas pelo Pró-Rural, executado com recursos do Banco Mundial, e sete compradas com recursos próprios. Das sete patrulhas disponíveis, seis já estão comprometidas com os consórcios que firmaram os convênios. São eles: Comafem, Cica, Cibax, Cides Vale do Ivai, Cidrebac, Cidersop.

Nesse planejamento, os consórcios municipais devem apresentar os projetos das estradas que serão adequadas e readequadas e o pagamento do seguro dos equipamentos. Assim que essas tarefas estiverem quitadas os trabalhos poderão ser iniciados, disse o secretário.