Local

Goioerenses vencem desafio e pedalam 250 quilômetros

Pode parecer clichê, mas empenho, paixão e dedicação, podem levar qualquer pessoa a fazer coisas incríveis. Foi assim com um grupo de ciclista goioerenses, que no último final de semana, participaramda Ultra Maratona Pata da Onça, realizada em Nova Andradina, no Mato Grosso do Sul.

O evento é tradicional, contando com um percurso de 250 quilômetros, sendo considerado um dos desafios mais difíceis da categoria. Ao todo, cerca de 600 ciclistas do Brasil, Argentina e Paraguai, disputaram a prova. Goioerê foi um dos destaques.

Entre os campeões da prova, o goioerenses Victor Hugo Mostachio, que faturou o título da categoria sub-23. Já os ciclistas Renato Santos, Patrik Pelói, Antônio da Silva e Felipe Ortega também garantiram boas colocações no desafio. O goioerense Aécio Takada também subiu no pódio com a 5ª colocação na categoria acima de 60 anos, competindo no desafio de 100 quilômetros.

De acordo com Patrik Pelói, foi um dos maiores desafios já enfrentados por ele dentro das atividades do ciclismo.
“Sem dúvida. Esse foi um dos maiores desafios que já enfrentei e o melhor de tudo, venci”, comemora.

Ele cita que a prova é complexa, pois nessa edição foi realizada debaixo de um sol escaldante com um média de 43 graus, com muito vento e poeira. “Foram 250 quilômetros de bastante sofrimento, mas também de muita diversão”, cita. A prova foi realizada em dois dias.

No segundo dia, o número de competidores caiu, mas todos os goioerenses continuaram na prova. “O desgaste do primeiro dia foi muito grande e o tempo de recuperação é pequeno”, explica Felipe Ortega, destacando que todo sofrimento foi recompensando pela emoção de cruzar a linha de chegada.

APOIOS - A equipe MTB de Goioerê está agradecendo aos patrocinadores: Goioplast, Visaonet, Bonanza bebidas, Caju Auto Elétrica, Priscilla Lima nutricionista e EAt Uniformes, bem como à Secretaria de Esportes de Goioerê.