• domingo, 24 de setembro de 2017
  • Versão Impressa
  • Fale Conosco
  • 22º C

    Goioerê, 24 de setembro de 2017

    Hoje

    22º C Encoberto

    33º C 22º C

    Esta semana

    29º C 20º C
    28º C 20º C
    31º C 18º C
    32º C 20º C
Local

Cemitério tem apenas 40 vagas para sepultamento

O Cemitério de Goioerê é mais um problema herdado pela administração do prefeito Pedro Coelho e que precisa ser resolvido com urgência. De acordo com informações da Secretaria de Viação e Obras, em se tratando da área principal, só tem mais 40 vagas para sepultamento.A solução é ampliar o local no sentido ‘Chácara Canaã’, mas a proposta estaria esbarrando na autorização do IAP – Instituto Ambiental do Paraná – que alega que próximo dali, existe uma nascente de água.

Na verdade, o problema da falta de espaço no Cemitério de Goioerê, não vem de hoje. Em 2009, a então administração buscou uma solução paliativa para a situação, ao construir o chamado ‘ossário’, com a prefeitura desenterrando os mortos das covas abandonadas e assim liberando mais espaço, porém até mesmo o ossário, segundo consta, já está no limite.

O secretário de Viação e Obras de Goioerê, Paulo Roberto, diz que a situação é preocupante e que a falta de espaço no local, é mais um nó a ser desatado pela administração do prefeito Pedro Coelho. “É verdade que medidas paliativas vêm sendo realizadas, porém a necessidade da ampliação do cemitério está cada vez mais evidente e emergencial. Estamos chegando no limite”, comenta ele.

O secretário cita que o problema poderia ser resolvido se as pessoas que vão sepultar seus entes queridos, aceitassem fazê-lo no cemitério de Jaracatiá. “Mas essa possibilidade praticamente não existe”, frisa ele, citando que o espaço atual não suporta mais covas e que é preciso a sua ampliação.