Coluna ADI Paraná
Estado quer emplacar nomes em Itaipu

Oficializada a nomeação do novo diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, general Joaquim Silva e Luna, e do novo diretor financeiro, o vice-almirante Anatalício Risden Júnior, lideranças políticas do Estado se mobilizam para tentar emplacar paranaenses nas demais diretorias da usina. Não será surpresa se entre os indicados apareça o nome de um secretário do atual governo estadual. Os postos ainda disponíveis são de administração, coordenação, jurídico e o Parque Tecnológico.
 

Histórico - Historicamente, os principais cargos de gestão em Itaipu são indicados por partidos e lideranças políticas do Paraná. A expectativa é que esse caminho seja mantido, até porque o governo federal não pode abrir mão de nenhum apoio no Congresso Nacional em razão da Reforma da Previdência. Cada voto conta.
 

Sem segredos - Agenda pública tem que ser, como o nome diz, pública. Este é o entendimento do governador Ratinho Junior, que determinou ao primeiro escalão a divulgação de suas agendas na internet a partir de março. A medida faz parte do programa de compliance e reforça o compromisso de transparência do governo. Documentar publicamente a data, horário e presenças das reuniões, além de dar publicidade aos atos da alta administração, também é uma segurança contra denúncias infundadas.

Paraná na frente - A diretoria da Frente Parlamentar da Agropecuária conta com quatro deputados federais paranaenses. Sérgio Souza (MDB) é um dos vice-presidentes nacionais e Luiz Nishimori (PR) tem o mesmo cargo para a região Sul. Pedro Lupion (DEM), em primeiro mandato, coordena a comissão de Política Agrícola e Evandro Roman (PSD) foi confirmado como coordenador político do grupo.

Obras - O Governo prepara o edital de licitação para a construção do contorno de Wenceslau Braz. O custo da obra é de quase R$ 12 milhões financiados pelo BID. Outra licitação em andamento é a do projeto para readequação e ampliação da capacidade da PR-092. Também está em estudo a readequação entre Mauá da Serra e Manual Ribas, nas PR-272 e 466

Voos regionais - A exemplo de Minas Gerais, o Paraná pode ter voos regionais, com aeronaves de menor porte, alimentando rotas de grandes companhias aéreas. O governo estadual está tratando do tema com atenção.

Vacinas - O secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto, defende uma grande mobilização dos estados para revisar e fortalecer o calendário nacional de vacinação. Para ele, houve um desmonte deste processo nos últimos anos e doenças do século passado estão retornando com força. É o caso da febre amarela e do sarampo.

TJ digital - O Tribunal de Justiça do Paraná aderiu inteiramente aos processos digitais. Neste mês realizou desta forma a primeira Seção Cível de sua história.